Luzilândia, 21 de Dezembro de 2014 Página Inicial | Anuncie | Fale Conosco | Notícias
Publicada Quarta-Feira, 11/02/2009

Cometa Lulin se aproxima e já pode ser visto na madrugada

O cometa Lulin, descoberto por astrônomos de Taiwan e da China, está cruzando os ceús de várias localidades do mundo, inclusive o Brasil, e poderá ser visto em seu maior esplendor no próximo dia 24 de fevereiro. Neste dia, o brilho do fenômeno permitirá que seja observado por qualquer pessoa apenas com a ajuda de um binóculo. Segundo especialistas, o cometa pode ser observado das 4h até o início da manhã nos dias que antecedem sua máxima. Já em 24 de fevereiro, ele se tornará visível desde o entardecer até o amanhecer do dia seguinte.
Apesar do momento de maior aproximação de Lulin ser no dia 26 de fevereiro, o ponto alto deverá ocorrer entre os dias 23 e 24, quando o cometa entrará em conjunção com Saturno, proporcionando um espetáculo celestial de tirar o fôlego dos observadores.
Apesar das condições do tempo na maior parte do Brasil não favorecerem a observação direta do cometa Lulin, diversos astrônomos ao redor do mundo já estão acompanhando o objeto sem o uso de instrumentos. Segundo os relatos, o cometa está cada vez mais brilhante e visto através de uma pequena luneta se parece com uma bolinha de fumaça esverdeada.
Atualmente o cometa se encontra a meio caminho entre as constelações de Libra e Virgem, mas a presença da Lua parece conspirar contra as observações. Nos próximos dias nosso satélite estará cada vez mais dentro do campo de visão do cometa, o que deixará as observações ainda mais prejudicadas devido ao forte brilho.
Vendo o cometa
Entre os dias 16 e 17 Lulin estará muito próximo da estrela Spica, a Alpha de Virgem, o que facilitará bastante sua localização mesmo por quem não conhece bem o céu, bastando utilizar nossa carta celeste. Durante todo o período entre os dias 16 e 22 o cometa estará transitando pela constelação de Virgem e poderá ser visto durante toda a madrugada, uma vez que a constelação nasce aproximadamente às 22h00.

Clique sobre a carta para animá-la
No dia 24 de fevereiro o cometa atinge o perigeu e sua distância da Terra será de menos de 60 milhões de quilômetros. Os cálculos indicam que o brilho de Lulin atingirá 4.7 magnitudes, suficiente para enxergá-lo sob um céu bastante escuro e livre de poluição luminosa e atmosférica, mas observadores experientes dizem que esse brilho não passará de 5.5 magnitudes, lembrando que quanto maior a magnitude menor o brilho de um objeto.
De qualquer maneira, a melhor forma de observar o cometa será com o uso de um pequeno binóculo ou luneta de boa
qualidade. A observação sem instrumentos requer bastante conhecimento do céu e da posição das estrelas.
Artes: No topo, cometa C2007 N3 Lulin "colado" ao norte da estrela Zubenelgenubi, na constelação de Libra. Crédito: Gregg Ruppel/Spaceweather. Acima, carta celeste mostra dois momentos do cometa Lulin: no dia 16 ao lado da estrela Spica, a Alpha de Virgem e no dia 24, ainda em conjunção com Saturno. Clique na carta para ver a
animação da imagem.
 
Comente
Nome: Email: 
Titulo:  Só são permitidos 350 caracteres no comentário.
Comentario: 
Publicado por nycolle kiddman nycollekiddman@gmail.com
nossa
sera que esse cometa e bonito deve ser to louca pra ver o mundo do universo me entereça muito
Ip: 179.171.12.63

Redação: Emerson Meneses Pires de Moura - emmepimoura@gmail.com - (86) 9433-5984