R

Traumatismo dental: o que é e quais os tratamentos

Você já passou por algum tipo de acidente e o dente quebrou ou saiu? Dessa forma, caso isso tenha ocorrido, então, entenda um pouco mais sobre o que é o traumatismo dental.

O que é traumatismo dentário?

Qualquer impacto atípico não relacionado à mastigação, pode ser considerado um traumatismo.

Portanto, existem alguns eventos que podem causar o traumatismo, como:

  • Quedas;
  • Contusões;
  • Convulsões;
  • Brigas;
  • Acidentes de trânsito.

Qualquer uma dessas situações pode gerar lesões dentárias. Desse modo, qualquer trauma no elemento dentário deve ser considerado uma emergência, sendo necessário então procurar um dentista emergência 24 horas.

Dessa forma, procure sempre um dentista de confiança, porque isso aumenta muito a chance de sucesso no tratamento.

No geral, existem dois tipos de lesões, as de tecidos duros e moles.

As lesões de tecidos duros são as trincas coronárias, fraturas coronárias e corona radiculares.

Já em tecidos moles, são contusões, subluxações, luxações extrusivas, luxações intrusivas e avulsão. Porém, independente da lesão, é fundamental que o paciente procure sempre uma clínica 24 horas dentista

  1. Trinca coronária

É uma pequena fratura incompleta nos moldes do dente. É muito mais fácil evidenciar essas trincas por meio de uma luz utilizada em consultórios.

2. Fraturas coronárias

Elas já são uma evolução dessa trinca, sendo então uma fratura completa no nível da coroa do dente.

Quando não há um envolvimento no nervo do dente, é possível fazer uma simples proteção dentinária, e em seguida, uma restauração na área.

Caso ainda tenha o próprio fragmento, é possível usar ele para ser colocado de volta por meio de algum adesivo.

3. Fraturas corona radiculares

São fraturas que atingem a coroa e a raiz do elemento. Então, é feita uma produção dentinária e assim, é aguardado para formar o cimento. 

Com isso, é possível fazer a restauração definitiva.

Entre os posteriores, é possível fazer uma coroa protética, e caso haja necessidade, poderá ser colocado um pino dentro da gengiva. 

Com isso, é fundamental então uma consulta com um especialista em prótese dentária.

4. Concussão

É uma lesão que não apresenta ruptura dos ligamentos superiores dentais e causa um edema na região, não ocorrendo sangramento.

Então, o tratamento é o controle da dor e o acompanhamento do caso, dependendo da situação.

5. Subluxação

A subluxação é a ruptura de algumas fibras no ligamento periodontal, podendo exercitar sangue no local.

Para o tratamento, é possível fazer uma contenção semirrígida, com a resina composta, colocando um fio de nylon preso em dois dentes.

6. Luxação extrusiva

A luxação extrusiva é a saída parcial do dente. O tratamento pode ser feito através de uma contenção semi-rígida.Caso ocorra a queda do dente, dependendo da situação, será necessário uma consulta com um dentista especializado em prótese

Traumatismo dentário em crianças e idosos, o que fazer?

Geralmente esses traumatismos acontecem com as crianças. Porque, quando elas estão brincando, acabam caindo, se machucando e batendo a boca.

Quando a criança cai e bate o dente, é necessário que ela seja levada de imediato ao dentista. A média de idade para ocorrer essas situações fica entre os três, quatro e cinco anos.

Nos idosos também é uma situação preocupante, principalmente porque eles podem cair, se machucar e até mesmo quebrar os dentes. Nesses casos, então é necessário a ida a um dentista implantes.

Uma criança quando perde o dente da frente com dois anos, por exemplo, é necessário que ela faça um tratamento colocando um artificial no local para que não perca esse espaço.

Como prevenir o traumatismo dental?

Em relação à criança, é importante ter sempre uma supervisão. Pois, se existe um degrau presente em que ela possa cair, é fundamental colocar telas de proteção, se houver quinas onde ela possa bater a boca, é preciso ter protetores.

Já para os adultos que praticam esportes, é importante que tenha um protetor bucal para realizar a atividade física.

Quando a criança está praticando esportes físicos, como andar de bicicleta, é importante que ela esteja com a cotoveleira e joelheira para que se caso caia, ela possa se proteger com as mãos, e não bata a boca diretamente no chão.

Por isso, é importante orientar em relação aos deslocamentos para minimizar as chances de traumatismo.

Caso ocorra um acidente, então, será feita uma radiografia, e com isso, o dentista passará a ver o que realmente aconteceu com o dente.

Dependendo da situação, o dentista irá ver o que será necessário, se vai ser possível utilizar o próprio dente quebrado, fazer uma contenção ou até mesmo realizar a extração dele.

De modo geral, é importante se cuidar e se acontecer qualquer acidente, ir imediatamente ao dentista para que não tenha outras consequências.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

SERVIÇO PÚBLICO E ELEIÇÕES
Auxílio Brasil tem inclusão recorde de famílias em agosto e número de pessoas atendidas chega a 20,2 milhões em todo país
Pensão alimentícia: passado o pior da pandemia, segue o drama
Seduc abre inscrições para curso de operador de caixa nos municípios de Barras, Batalha, Esperantina, Luzilândia e Joaquim Pires.

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61)98440-4851