Home » Destaque » Sesapi orienta vacinação de gestantes com AstraZeneca apenas com liberação médica, até definição do Ministério da Saúde
Publicado em: 13 de maio de 2021 - Ás: 19:50 - Categorias: Destaque> Saúde.

Sesapi orienta vacinação de gestantes com AstraZeneca apenas com liberação médica, até definição do Ministério da Saúde

cp se

Por Comunicação Governo do Piauí

Após Nota Técnica emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sobre a necessidade de suspender a vacinação de gestantes com o imunizante da Oxford/AstraZeneca, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) orienta aos municípios piauienses, que direcionem as gestantes a procurarem seus médicos para que façam avaliação sobre o uso ou não do imunizante.

“Neste caso, é preventivo que as gestantes possam definir com o seu médico a melhor maneira na condução desta vacinação”, explica o superintendente de Atenção à Saúde do Município, da Sesapi, Herlon Guimarães. Ele acrescenta que a Sesapi está aguardando um documento oficial do Ministério da Saúde, sobre os procedimentos a serem adotados em relação a este assunto.

A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina da AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Esta recomendação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra Covid em uso no país.

O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica.

A Coordenação Geral do Plano Nacional de Imunização também vai emitir, ainda nesta terça-feira (11), um comunicado com mais detalhes sobre as orientações a seguir, pelos municípios.

Nota Técnica

Anvisa recomendou, na última segunda-feira (10), a suspensão imediata do uso da vacina contra Covid da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes. A orientação está em Nota Técnica emitida pela Agência.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta