Home » Baixo Médio Maranhense » Governador do Maranhão impõe sigilo nas escolas e alunos ficam expostos a perigos diversos
Publicado em: 17 de novembro de 2018 - Ás: 01:25 - Categorias: Baixo Médio Maranhense> Destaque.

Governador do Maranhão impõe sigilo nas escolas e alunos ficam expostos a perigos diversos

cp gov

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) fez duras críticas ao chamado “Decreto do Sigilo”, um documento polêmico editado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) que, entre outros pontos, limita a liberdade de gravação de áudios ou vídeos no ambiente escolar. “É um absurdo esta tentativa de utilizar-se do sistema educacional para tentar ganhar projeção política junto à esquerda brasileira”, ressaltou Adriano.
 
O parlamentar alertou sobre a inconstitucionalidade do decreto e disse que a medida é um “tiro no pé” do governo, pois abrirá precedentes perigosos e poderá acobertar ocorrências de bullying, desrespeito ao professor, casos de violência e até tráfico de drogas, além da doutrinação à esquerda e à direita.
“A escola é um lugar público e os alunos que acharem que estão sendo agredidos ou doutrinados pelo professor, ou seja lá por quem for, têm o direito sim de gravar, de filmar, de se defender e de formular provas para se defender no segundo momento. O professor que se sentir agredido por um aluno e o aluno que se sentir agredido por outro aluno, porque está sendo vítima de bullying, pode e deve gravar o fato, assim como um terceiro aluno que achar que o seu colega está sendo vítima de bullying, pode gravar. O aluno que quiser flagrar alguém vendendo droga ou qualquer ato ilícito dentro da escola pode, sim, filmar”, explicou Adriano.
Adriano na tribuna 13 11 2018 foto Nestor Bezerra 001

De acordo com o decreto (Artigo nº 4), professores, estudantes ou funcionários somente poderão gravar vídeos ou áudios durante as aulas e demais atividades de ensino, mediante consentimento de quem será filmado ou gravado. Adriano declarou, na tribuna da Assembleia, que este dispositivo revela a visão retrógrada do governo comunista. O parlamentar afirmou que irá defender os interesses de alunos e professores que se sentirem tolhidos em seus direitos no ambiente escolar.

Declaração do deputado no Youtube:

https://youtu.be/vygn8Nb0ZJ4

O “decreto do sigilo” do comunista Flávio Dino além de ser inconstitucional, acoberta o bullying, o desrespeito ao professor, tráfico de Drogas e a doutrinaç…
youtu.be

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta