Home » Destaque » MESMO COM R$ 2,5 MILHÕES EM CAIXA CAÇAMBEIRO DIZ “NÃO” A AUMENTO DOS PROFESSORES DE LUZILÂNDIA
Publicado em: 5 de março de 2018 - Ás: 14:01 - Categorias: Destaque> Luzilandia.

MESMO COM R$ 2,5 MILHÕES EM CAIXA CAÇAMBEIRO DIZ “NÃO” A AUMENTO DOS PROFESSORES DE LUZILÂNDIA

sem aumento

 

Dizem por aí que hoje, na política, a atual administração de Luzilândia seria a mais desastrada e incompetente de toda história.  Há quem acredite que não, mas grande parte crê que no pior exemplo possível, dado ao fato de, mesmo com milhões e milhões em caixa, uma fortuna de dinheiro, o prefeito da cidade não sabe – ou não quer – dar aumento aos professores do município neste momento.

Por essa falta de tino político e capacidade de gestão, os professores da rede municipal de Luzilândia seguem sem reajuste do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o Fundeb. O Ministério da Educação definiu o percentual de 6,81% para o piso de 2018, reajuste que não chegará, certamente, como deveria ao bolso das pessoas que educam as crianças luzilandenses.

planilha de

Extrato bancário mostra um absurdo de dinheiro capaz de pagar salário de R$ 5.000 reais a 200 professores, somente no mês de fevereiro e não paga nem o aumento de 6,8%.

Não há nenhuma desculpa minimante razoável. Seria mesmo a forte e grave inaptidão mesmo, pois somente no mês de fevereiro a Secretaria de Educação do município recebeu mais de 2 milhões e 500 mil reais. Isso mesmo, a cifra astronômica, espetacular de quase US$ 1 milhão de dólares.

Termo de compromisso do oreia seca

Segundo termo assinado entre o Prefeito Ronaldo Gomes ( o Caçambeiro) e a Sismel, o reajuste só a partir do mês de junho e olhe aí, pois estranhamente, o acordo com aumento de volume significativo do repasses do Governo Federal o município já apresenta condições para cumprir o reajuste desde agora, mas a classe só vai começar receber no meio do ano, com grandiosa defasagem.

Para muitos esse tipo de atitude não é nenhuma surpresa. Surpresa será um dia a Prefeitura de Luzilândia trabalhar em prol de um projeto voltado à população. Até lá, o que alguns consideram o desastre, continuaria.

Fonte:http://www.luzilandiapiaui.com.br/index.php/category/item/2467-mesmo-com-r-2-5-milhoes-em-caixa-cacambeiro-diz-nao-a-aumento-dos-professores-de-luzilandia-agora

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta