Home » Destaque » Eletrobras Distribuição Piauí: servidor público já pode quitar débitos em condições especiais
Publicado em: 7 de setembro de 2017 - Ás: 00:49 - Categorias: Destaque.

Eletrobras Distribuição Piauí: servidor público já pode quitar débitos em condições especiais

cp eletro

 O servidor ainda pode se beneficiar com as vantagens do Programa de Educação Financeira lançado pelo Governo do Estado para os servidores estaduais quitarem seus débitos com a Eletrobras Distribuição Piauí. Para isso, a Distribuidora disponibilizou, temporariamente, no pátio da Secretaria de Administração, um posto de atendimento exclusivo para atender aos funcionários que queiram ficar adimplentes junto à Empresa.
A ação faz parte do termo de cooperação assinado entre a Eletrobras e o governo do Estado, que lançou o Programa de Educação Financeira permitindo ao servidor público negociar suas dívidas com uma linha de crédito bancário com taxas de juros menores.
De acordo com levantamento da gerência de Faturamento e Arrecadação, há 10 mil servidores públicos do Estado em débito com Eletrobras Piauí, 5.500 estão na capital e os demais no interior,   totalizando um débito de R$ 34,5 milhões.
Segundo o diretor presidente da Eletrobras, Arquelau Amorim, com a assinatura do termo de cooperação, a Distribuidora se comprometeu em facilitar as negociações de débitos para atender aos objetivos do programa do governo. “O servidor que aderir ao Programa poderá negociar as dívidas junto à Distribuidora com desconto de 100 % de juros e multas para pagamentos à vista”, informou o presidente.

O secretário da Administração e Previdência, Franzé Silva elogiou o apoio dado pela Empresa e destacou que o Programa está promovendo uma linha de crédito com taxa de juros de no máximo 1,99%. “Além do equilíbrio das contas, o Programa de Educação Financeira visa capacitar os servidores para lidar e planejar seus investimentos no dia a dia”, finalizou Franzé.



Notícias Relacionadas

Uma resposta para “Eletrobras Distribuição Piauí: servidor público já pode quitar débitos em condições especiais”

Deixe uma resposta