Home » Destaque » Luzilandenses continuam em 2017 iniciativa voluntária de consciência ambiental e preservação do meio ambiente
Publicado em: 23 de janeiro de 2017 - Ás: 11:39 - Categorias: Destaque> Luzilandia.

Luzilandenses continuam em 2017 iniciativa voluntária de consciência ambiental e preservação do meio ambiente

capa ariela2

Luvas nas mãos, botas nos pés e começa para Arielle Paiva e Claudiomar DF mais um fim de semana de trabalho voluntário, limpando a margem do rio Parnaíba, desde o igarapé até o cais da ribeirinha aqui em Luzilândia. São recolhidos sacolas plásticas, pneus, garrafas pets e lixos diversos.

O trabalho voluntário desta dupla começou ano passado com 15 pessoas. Hoje, apenas os dois continuam. Arielle Paiva é universitária e Claudiomar DF, músico.

Neste fim de semana domingo (22) o trabalho da dupla aconteceu enquanto uma expedição náutica passava por Luzilândia. Segundo Claudiomar DF foi visto pessoas da expedição limpando tambores de combustível na água do rio, contribuindo para poluir ainda mais nossas águas. Detalhe, abaixo de onde estavam os jet’s e lanchas da expedição se encontra o sistema de captação d’água da Agespisa e toda esta água desce pra lá.

Claudiomar informou a nossa reportagem que ofereceu para alguns integrantes da expedição náutica sacos para recolherem o lixo deles, como latinhas de cerveja, copo descartável e disseram que não precisava. Arielle observou que o grupo da expedição demonstrava pouca consciência ambiental.

lixo

Atualização

O prefeito Ronaldo Gomes recebeu hoje pela manhã (23) Arielle Paiva e Claudiomar DF. A produção do Portal LuzilandiaOnline conversou com Claudiomar DF sobre a reunião e disse que ficou acertado que o poder publico no primeiro momento vai dar o material básico de limpeza, luvas, sacos de lixo etc. Em outro momento vai apoiar a iniciativa de uma forma mais significativa.

printm

Da Redação

Notícias Relacionadas

Uma resposta para “Luzilandenses continuam em 2017 iniciativa voluntária de consciência ambiental e preservação do meio ambiente”

Deixe uma resposta