Home » Ciências » Os últimos três Outubros são os mais quente já registrado
Publicado em: 23 de novembro de 2016 - Ás: 17:49 - Categorias: Ciências> Destaque.

Os últimos três Outubros são os mais quente já registrado

globo

Por Sousa Neto

Luzilândia fica no norte do Piauí , aqui temos apenas duas estações definidas, verão e inverno. Os últimos anos percebe-se que a sensação térmica aumenta e se torna cada vez mais difícil suportar o verão local.

A matéria abaixo é da NASA e mostra cientificamente o que já sentimos na pele há muitos verões. Está cada vez mais quente.

14900472_696857777139935_2685577402500191266_n
Mês de Outubro em Luzilândia vegetação toda seca.

Climate Nasa.gov

Outubro 2016 foi o segundo mês mais quente em 136 anos da era moderna de manutenção dos registos climáticos. De acordo com uma análise mensal das temperaturas globais por cientistas do Instituto Goddard da NASA para Estudos Espaciais (GISS) em Nova York.

A temperatura em outubro de 2016 foi de 0,18 graus Celsius mais frio do que o mais quente de outubro, em 2015. No mês passado foi de 0,89 graus Celsius mais quente do que a média de temperatura de outubro 1951-1980.

As três principais anomalias de temperatura dos últimos três anos. 2015 foi o mais quente já registrado, 1,07 graus Celsius , seguido de 2016 e 2014.

“Nós continuamos a enfatizar que as tendências de longo prazo são a coisa mais importante, muito mais do que rankings mensais”, disse o diretor do GISS Gavin Schmidt.

A análise mensal pela equipe GISS é montado a partir de dados disponíveis publicamente adquiridos por cerca de 6.300 estações meteorológicas em todo o mundo, instrumentos navais e baseados em bóia de medição da temperatura da superfície do mar e estações de pesquisa da Antártida.

O registro da temperatura global moderna começa por volta de 1880 porque as observações anteriores não cobriram  suficientemente o planeta. Análises mensais às vezes são atualizados quando os dados adicionais estão disponíveis, e os resultados estão sujeitos a alterações.


Veja o gelo derretendo no ártico por causa do aquecimento global.

 

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta