R

Vistoria do CRM constata melhorias em hospitais regionais

Desde o início de 2015, a Secretaria de Estado da Saúde tem investido em diversas ações para melhoria das condições dos hospitais, como aquisição de equipamentos, infraestrutura e qualificação de pessoal. Os resultados já são observados: melhora nos serviços e nos atendimentos prestados à população de todo o Piauí. Recentemente, os hospitais regionais de Barras, Esperantina e Luzilândia passaram por avaliações do Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI), que constatou esses avanços.

Para o diretor da Unidade de Descentralização e Organização Hospitalar(DUDOH), da Secretaria de Saúde, Alderico Tavares, essa avaliação demonstra que “as verificações in loco constatam que a Secretaria tem priorizado as necessidades dos hospitais de cada região. Visando a descentralização dos serviços, o Estado dota essas unidades com insumos, equipamentos e estruturação física, avançando cada vez mais e, assim, desafogando os hospitais da capital”, disse.

Sob gestão do Governo do Estado há quase um ano, o Hospital Regional Leônidas Melo, em Barras, tem se destacado pelos investimentos já aplicados, como aquisição de equipamentos, ambulância e melhorias estruturais. A reabertura do centro cirúrgico foi outra importante ação, que já beneficiou dezenas de pacientes.

Desta vez, a unidade recebeu um selo de qualificação positiva do CRM. Segundo o Conselho, o hospital está em boas condições, com escala médica funcionando a contento, como por exemplo, o desfibrilador na sala de urgência e todos os equipamentos de reanimação cardiopulmonar, além do centro cirúrgico.

Para a diretora do hospital, Laianne Santos, “essa vistoria do Conselho só veio reafirmar que os investimentos feitos aqui no hospital estão gerando resultados positivos e serviços de qualidade para a população”.

Já em Esperantina, no Hospital Regional Dr. Júlio Hartman, o corpo médico e de enfermagem foi bem avaliado. Segundo o diretor da unidade, Davyd Teles, há “uma melhoria bastante significativa no hospital, pois a demanda de atendimentos está adequada a quantidade de pessoal. Além disso, é perceptível uma melhoria com a implantação da Classificação de Risco, que surgiu para dar prioridade aos pacientes de urgência e emergência”. Recentemente, o hospital realizou o mutirão de catarata, ação do Programa Olhar Bem, que beneficiou mais de 100 pacientes.

No Hospital Gerson Castelo Branco, em Luzilândia, o CRM-PI constatou que a unidade satisfaz todas as prerrogativas para o bom funcionamento, com boas condições físicas, com sala de urgência, centro cirúrgico e sala de recuperação anestésica em bom funcionamento e com escala médica normalizada.

“É constante a nossa preocupação em manter o hospital sempre organizado, há um ano estamos empenhados em melhorar cada vez mais e, como foi avaliado, estamos correspondendo as expectativas”, disse Maria José Matão, diretor do hospital. A unidade também vem se destacando com a intensificação de cirurgias.

Fonte: Saúde Piaui

 

 

 

Arraiá do CAPS ( São João da Fé)
Arraiá da Creche Eremita Carvalho ( São João da Fé)
PREFEITA FERNANDA ENTREGA FARDAMENTO AOS AGENTES DE SÁUDE
Arraiá da APAE, Beco da Cultura (São João da Fé)

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61)98440-4851